sábado, 17 de outubro de 2009

R7:Na onda do GP de Interlagos, piloto de kart sonha com pódio em F1


Fã de Felipe Massa, João Pedro, de apenas 8 anos, concilia escola com treinos para se tornar piloto profissional

Todo mundo só tem olhos para Rubens Barrichello no Grande Prêmio de Interlagos, que acontece neste domingo (18) em São Paulo.

Com a combinação de uma vitória do brasileiro e o quarto lugar do britânico Jason Button, Rubinho ainda terá chances de levar o prêmio do mundial de F1 de 2009.

Mas, um garoto em especial, vê muito além quando assiste as corridas. É que aos 8 anos, João Pedro Correa sonha em, um dia, erguer a taça no autódromo paulista – e em todos os outros ao redor do mundo.

JP, como é conhecido, corre de kart há dois anos na categoria mirim e ocupa a 11ª. posição no ranking nacional de pilotos (são mais de 50 em todo o país).

Enquanto JP ganha experiência para conquistar o sonho de competir na F1 e a gente torce para a vitória de Rubinho neste domingo, o R7 aproveitou para conhecer um pouco mais desse piloto mirim.

R7 - Você é tão novinho e já corre ganhando títulos... como você começou a correr? O que influenciou?
João Pedro Correa - Eu assistia muito a corrida de Fórmula 1 e então meu pai me disse se eu queria andar de kart para aprender a dirigir. Meu pai me levou para conhecer e eu gostei.

R7 - O que foi mais difícil para você no começo?
JP - No começo eu era muito lento, os carrinhos me passavam toda hora, porque eu derrapava muito. Agora eu que passo eles.

R7 - Como foi quando você ganhou sua primeira corrida? O que sentiu?
JP - Eu estava em segundo atrás do carro número 08 e fiquei atrás dele todo o tempo, na última volta ele derrapou e eu passei. Meu pai chorou, meu preparador também chorou. Foi muito legal.

R7 - O que os seus amigos acham de você ser piloto de kart? Algum deles já pensou em pilotar também depois que viu você correr?
JP - Na escola, não comentam muito, mas já levei um amigo da escola na minha corrida e ele achou muito legal. Ele pediu para o pai dele deixar ele treinar comigo.

R7 - Como concilia a escola e os treinos?
JP - Os treinos são de quarta-feira a sábado, na parte da manhã. A escola é à tarde. Quando chego da escola eu faço todos os meus deveres e estudo para as provas. Meu pai diz que não podemos ir todos os dias no treino para não cansar demais. Eu estudo bastante porque meu pai disse que se eu não for bem na escola, ele não me deixa mais treinar.

R7- O que sua família acha de você correr? Sente medo? Aprova?
JP - Minha mãe não gosta de ver nem meu treino, acho que ela não gosta. Meu pai vai comigo em todos os treinos e todas as corridas. Minha mãe diz que meu pai é doido de deixar eu correr com aquela velocidade e meu pai diz que sou profissional.

R7 - Você pretende ser um piloto de Fórmula 1 quando crescer?
JP -
É, eu quero ser piloto de fórmula 1, estou me dedicando muito! Treino de duas a quatro vezes por semana, mas não deixo atrapalhar a escola.

R7 - Qual é o seu grande ídolo nas pistas? Por que?
JP -
Felipe Massa, ele corre muito e é muito bom nas curvas. Felipe autografou meu macacão e eu tenho algumas fotos com ele.

0 comentários:

Postar um comentário